Conheça o Ray-ban Stories – O começo da relação Óculos e Tecnologia

Os recém lançados óculos “Ray-Ban Stories” desenvolvidos em uma parceria entre Rayban e Facebook é o óculos que filma, tira fotos e faz chamada de audio e vídeo e envia tudo para o Instagram ou Facebook. Qualquer pessoa com 13 anos ou mais pode usar.

O lançamento do Ray-Ban Stories tem gerado muita discução em diversas partes do mundo. A polêmica começou nos órgãos de proteção de dados da Irlanda e Itália, que querem entender se os óculos Ray-Ban Stories, garantem a privacidade dos usuários que estão sendo filmados.

Em comunicado, os órgãos disseram que estão “preocupados com os meios pelos quais as pessoas capturadas nos vídeos podem saber que estão sendo gravadas”.

Tudo isso me levou pensar sobre escrever este artigo falando sobre o futuro dos óculos/tecnologia. Imediatamente fui levado até os anos 80 quando eu tinha aproximadamente 10 anos de idade, em frente a uma televisão colorida com controle remoto, que era uma super inovação da época, assistindo o desenho animado dos Jetsons.

Confesso que eu assistia aquilo com um olhar de pura ficção, e não imaginava como uma possível realidade futura. Mas cá entre nós, carros voadores, robôs que limpavam a casa, e relógios que faziam as pessoas se comunicarem através de vídeos, era difícil de se imaginar que seria possível. Tudo isso num tempo em que tínhamos que buscar informação lendo a Barsa, ou encontrar um número de telefone na lista telefônica.

E hoje estamos aí, nos deparando com esse mundo onde compramos produtos sem sair de casa pelo telefone celular como se estivéssemos na loja, através do metaverso. Fascina pensar que nesse exato momento, existe alguém desenvolvendo uma tecnologia que pode mudar significativamente nossa forma de viver e consumir.

O mundo da tecnologia está voltado para a Realidade Aumentada (a realidade aumentada busca incluir componentes digitais no mundo em que já vivemos), e falar de RA é falar de Facebook, que recentemente mudou seu nome para “META”, demonstrando para onde estão voltados seus esforços. E os óculos Ray-Ban Stories são vistos como algo fundamental na popularização dessa da ideia RA.

Muito se fala, pouco se tem certeza, de como os óculos serão daqui em diante, e como os usaremos, mas é possível afirmar, que pelo investimento e dedicação despendida por gigantes da tecnologia no desenvolvimento dos óculos, os próximos anos serão de grandes mudanças na sua usabilidade, e como eles farão parte da vida das pessoas.

Como empresário no ramo de Óptica, esse tema me causa uma mistura de sentimentos, como apreensão, motivação e curiosidade. Não sabemos o que está sendo desenvolvido, mas é fato que essa tecnologia pode mudar a dinâmica de venda das ópticas.

Hoje, o que existe e podemos falar com propriedade sobre o Ray-Ban Stories é que serão vendidos em até 20 variações diferentes, incluindo nos modelos clássicos da marca como Wayfarer, Wayfarer Large, Round e Meteor. Também haverá cinco opções de cores e estilos de lente.

Num primeiro momento, o Ray-Ban Stories está sendo comercializado nos Estados Unidos, Austrália, Canadá, Irlanda, Itália e Reino Unido, e não há ainda previsão para venda no Brasil.

Os preços nesses países está entre US$ 299 e US$ 350.

O modelo inicial tem câmeras duplas de 5 MP integradas no Ray-Ban Stories, que permitem tirar fotos e gravar vídeos de até 30 segundos com o botão de captura ou sem usar as mãos, por meio dos comandos de voz da Assistente do Facebook.

Com a captura, uma luz de LED se acende para permitir que as pessoas próximas saibam da o dono do óculos está fotografando ou fazendo um vídeo. Alto-falantes são integrados e a matriz de áudio de três microfones do Ray-Ban Stories oferece uma transmissão de voz e som mais rica para chamadas e vídeos. A tecnologia Beamforming e um algoritmo de supressão de ruído de fundo fornecem uma experiência de chamada aprimorada.

Os óculos são emparelhados através do novo aplicativo Facebook View, disponível nos sistemas iOS e Android, que torna mais fácil importar, editar e compartilhar conteúdo capturado nos óculos inteligentes para aplicativos como Facebook, Instagram, WhatsApp, Messenger, Twitter, TikTok e Snapchat. Também é possível salvar o conteúdo no rolo de câmera de celular e compartilhar de lá.

Além disso, os Ray-Ban Stories vêm com um estojo de carregamento portátil. Um carregamento completo do estojo oferece três dias consecutivos adicionais no uso dos óculos.

No lançamento dos óculos inteligentes, o Facebook afirmou que eles foram “desenvolvidos com a privacidade em mente”. A empresa destacou a presença das luzes que demonstram quando as imagens estão sendo capturadas, e de um botão para desativar microfone e câmera.

Muita discussão está por vir sobre essa nova tecnologia, somente com o tempo é que saberemos as consequências desta novidade.

Óculos com corrente ou pingente estão em alta
Óculos de Sol Balenciaga BB0111S 002

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lançamentos
Ganhe 10% OFF com o cupom BEMVINDO10 + 5% OFF para pagamento via pix
cupom de Desconto
Meu Carrinho
Lista de Desejos
Vistos Recentemente
Categorias